23 de julho de 2016

Transposição, adutoras e barragem darão fim à seca no RN, diz secretário

A transposição das águas do rio São Francisco, a construção da barragem de Oiticica e a inauguração dos dois subsistemas da Adutora Alto Oeste darão fim à seca no Rio Grande do Norte.

A opinião é do titular da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Mairton França. Contudo, segundo ele, apenas as adutoras devem começar a operar ainda este ano. Enquanto os projetos não são concluídos, o estado segue enfrentando a estiagem mais severa de sua história.

Desde 2011 que o sertanejo potiguar sofre com a falta de boas precipitações. Dos 167 municípios do estado, 153 estão em situação de emergência por causa da escassez de água. Atualmente, 14 cidades estão em colapso e 77 desenvolveram sistemas de rodízio para o abastecimento da população.

As chuvas que caíram no início do ano renovaram os ânimos, mas não cerraram as angústias. Mudanças, só na paisagem. A água transformou o cenário acinzentado em um verde exuberante, a chamada ‘seca verde’. Comum no semiárido nordestino, o fenômeno caracteriza-se pela vistosidade da vegetação, apesar de um período longo sem água. Porém, foi só isso. A estiagem segue implacável. Impiedosa, ela castiga e mata. “O sofrimento do homem do campo tem que acabar. Precisa acabar. O governo está ciente do seu papel e está trabalhando para dar fim a este problema, que é secular”, afirmou Mairton.

Blog Magno César 

 

Sistema prisional do RN cria setor de inteligência para combater facções

Foi criada nesta sexta-feira (22), por meio de uma portaria publicada no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte, a Seção de Inteligência e Informações Penitenciária (SI) da Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejuc).

O setor, segundo o secretário Wallber Virgolino, “vai subsidiar estrategicamente a própria Sejuc, além de subsidiar todo o sistema de segurança pública estadual no combate ao crime organizado”.

A criação da SI, ainda segundo Virgolino, é um feito histórico para o estado: “Pela primeira vez na história do sistema penitenciário potiguar foi criada e está sendo estruturada uma Seção de Inteligência. Esse setor é de fundamental importância, tendo em vista que o Sispen é um celeiro de informações”, ressaltou.

Blog Magno César 

 

Polícia quer descobrir rede de prostituição após prisão de cafetão caicoense

O Delegado da Polícia Civil, Ricardo Brito, começou a investigar o crime de favorecimento a prostituição na cidade de Caicó, principalmente depois da prisão de Diego Evangelista (Biba), que de acordo com a autoridade policial, é conhecido como sendo pessoa que agencia mulheres de programa para empresários, servidores públicos e políticos na região Seridó.

O Diego Evangelista, ele já era conhecido aqui na cidade por ser um cafetão e por conseguir intermediar garotas de luxo para pessoas da alta sociedade de Caicó, isso daí já dá indício pra uma nova investigação, onde nomes de grandes pessoas da cidade estão envolvidos, inclusive temos notícias de que Biba, ele arrumava as garotas para que elas participassem de festas em chácaras e sítios aqui da região. Nos interessa identificar quem eram os clientes de Biba, como é que funcionava essa rede de prostituição na cidade“, disse.

De acordo com o delegado, o programa girava em torno de 400, 500 reais, dependendo do tipo da garota. “Por aí a gente vê que contratava os serviços dele, (do Biba), quem tinha um grande poder aquisitivo, pessoas do alto escalão, funcionários públicos, empresários, pessoas da alta sociedade“, declarou.

O que também chama a atenção da polícia é o alto consumo de drogas nos lugares para onde eram levadas as garotas. “Eram verdadeiras orgias com figurões da sociedade que tinham também a participação de garotas menores, adolescentes, aliciadas pelo Biba“, afirma.

A investigação seguirá até que seja elucidado o crime. O delegado também quer saber que eram os clientes de Biba.




PRODUTOS 2M. O ALIADO DA AMIGA DONA DE CASA

MINHA AMIGA DONA DE CASA QUER TER UM GRANDE ALIADO NA LIMPEZA DIÁRIA DE SUA CASA? ENTÃO ADQUIRA JÁ PRODUTOS 2M. PRODUTOS COM ALTÍSSIMA QUALIDADE COM: ÁGUA SANITÁRIA (SUA ROUPA SEM MANCHAS) AMACIANTES (SUPER CONCENTRADOS QUE DEIXAM SUA ROUPA CHEIROSA E FOFINHA).

DESINFETANTE (SE LIVRAR DAS BACTÉRIAS), DETERGENTES E LAVA PISOS (QUE AJUDAM MUITO NA HORA DA LIMPEZA) ALÉM DOS TEMPEROS PARA DEIXAR A COMIDA MUITO MAIS SABOROSA COMO EXTRATO DE ALHO E OUTROS. ENTÃO VOCÊ JÁ SABE NA HORA DE FAZER SUAS COMPRAS NO SUPERMERCADO OU MERCADINHO, EXIJA PRODUTOS 2M. POSSO GARANTIR, ESSE EU USO E RECOMENDO. TELEVENDAS 3417 6699 CAICÓ. NÃO ESQUEÇA, PRODUTOS 2M.

Marília Mendonça se recupera e recebe alta hospital

A cantora Marília Mendonça, de 21 anos, internada com suspeita de pneumonia recebeu alta na manhã desta sexta-feira (22), após exames diagnosticarem a cantora com princípio de estafa (cansaço físico e mental). A informação foi confirmado ao G1 pela assessoria da sertaneja. Com os resultados, foi descartada a pneumonia.

Conforme a nota, a cantora segue ainda nesta sexta-feira para Goiânia, Goiás, onde deve se recuperar ao lado da família. A assessoria também informou que quanto aos dois shows previstos para o Nordeste, um em Recife (PE), amanhã, 23, e outro em Santo Antônio de Jesus (BA), as apresentações estão sendo analisadas caso a caso, se serão canceladas ou não.

É possível que Marília retorne aos palcos já neste final de semana. Em Caicó, ela fará apresentação na próxima quinta feira, 28.



Caicó corre risco de desabastecimento e colapso de água até outubro

O Ministério Público Federal (MPF) em Caicó enviou uma recomendação a diversos órgãos federais, estaduais e municipais para que adotem medidas emergenciais com o objetivo de evitar a iminente crise de abastecimento d’água no Município de Caicó e nas outras três cidades servidas pela adutora Manoel Torres: Jardim de Piranhas, São Fernando e Timbaúba dos Batistas.

A Agência Nacional de Águas (ANA) informou ao MPF, no último dia 15, que mantida a demanda atual, bem como o provável cenário de ausência de chuvas, o limite mínimo operacional do açude Curema (de onde vem grande parte da água que abastece o Piranhas-Açu, rio de captação da adutora Manoel Torres) deverá ser atingido em 1º de outubro, gerando o colapso do sistema. Atualmente, o açude encontra-se com apenas 6% de sua capacidade, devido à estiagem.

Dentre as soluções, uma das principais opções é construir uma adutora emergencial ligando a Manoel Torres à barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no Município de Jucurutu, o que garantiria abastecimento até, pelo menos, junho de 2017. Há informações, inclusive, de que todo o projeto básico está finalizado, porém o Ministério da Integração Nacional alega não haver recursos, apesar de os quatro municípios estarem enfrentando situação de emergência devido à seca. Situação essa reconhecida tanto pelo governo estadual, quanto pelo federal.

Uma alternativa à adutora emergencial, a utilização das águas do açude Mãe D’água, localizado vizinho ao Curema, demandaria soluções ainda não totalmente disponibilizadas pelo poder público, sem contar que o reservatório também não enfrenta situação confortável, estando hoje com apenas 12% de sua capacidade.

Outra medida necessária à melhoria das condições hídricas na região, de acordo com a ANA, seria a construção de uma “soleira de nível” em Jardim de Piranhas, onde ocorre a captação das águas da adutora Manoel Torres. A obra foi proposta ao governo estadual desde o início de 2014 e a última informação, de setembro de 2015, da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), é que não há recursos e a execução ficou a cargo da Companhia de Águas e Esgotos (Caern), sem previsão se e quando a obra será executada.

Preocupação – Para o procurador da República Bruno Lamenha, autor da recomendação, é fundamental que os órgãos ajam com urgência e responsabilidade, tendo em vista a proximidade da provável data limite de funcionamento do atual sistema, bem como o fato de que o próximo período chuvoso na região só deve se iniciar em fevereiro de 2017. Até lá, os quase 90 mil moradores da área correm o risco de não ter, sequer, água para beber e muito menos para outros usos.

Caicó, cita a recomendação, demanda para seu abastecimento aproximadamente 500m³ de água por hora, o que torna “virtualmente inviável a adoção de meios alternativos usualmente utilizados, como carros-pipa e chafarizes, e evidencia a urgência de medidas que preservem, ainda que parcialmente, a utilização da rede ordinária de abastecimento gerenciada pela Caern”.

Diante da situação de emergência, a legislação permite que o Ministério da Integração Nacional, “com base nas informações obtidas e na sua disponibilidade orçamentária e financeira”, invista recursos na execução das ações de restabelecimento de serviços essenciais, porém a falta de verbas segue sendo a alegação dos governantes para não investirem nas obras necessárias.

Responsabilidades – A recomendação enviada pelo MPF cobra da ANA, Instituto de Gestão das Águas do Estado (Igarn), Semarh, Caern e Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó-Piranhas-Açu que estabeleçam dentro de 15 dias, em conjunto, um plano indicando as soluções técnicas existentes a curto prazo (com implementação viável em, no máximo, 30 dias) e a médio prazo (implementação viável em, no máximo, 90 dias), para assegurar o atendimento emergencial da demanda de abastecimento dos quatro municípios.

O plano deve ser encaminhado ao Ministério da Integração Nacional, Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), Governo do Estado, Caern, além dos prefeitos e as secretaria municipais ligadas à área. Esses gestores, segundo a recomendação, devem assegurar os recursos financeiros, logísticos e humanos necessários à execução das soluções determinadas pelos órgãos técnicos, “em tempo hábil e tendo em vista, principalmente, a data limite de 1º de outubro de 2016”.

Os órgãos terão cinco dias úteis, a contar do recebimento da recomendação, para informar o MPF sobre as medidas que serão adotadas.

Confira a íntegra da recomendação clicando aqui.

Novo Jornal

Notícias sobre “roubo milionário” em Caicó faz turistas desmarcarem visita à festa de Santana

Comerciantes, produtores de eventos, donos de pousados e hotéis estão preocupados com a repercussão dada ao roubo milionário de jóias na cidade de Caicó. Turistas estão desmarcando vinda à cidade em plena festa de Santana. “As pessoas têm que ver que a cidade nada tem haver com isso, é um caso isolado, poderia ter ocorrido em qualquer outro lugar do estado, até porque, segundo a polícia, os suspeitos sabiam da rota do ouro”, exclama hoteleiro.   
Um dos hotéis mais seguros da cidade disse ao blog Jair Sampaio que somente hoje recebeu três ligações de turistas que não vêm mais para a festa de Santana desse ano, e o motivo? Sempre o mesmo, repercussão do roubo das jóias.

Caicó não foi a primeira cidade a ter um roubo desse porte e também não será a última. Caicó, ao contrário do que muitos pensam, é uma das mais seguras do Rio Grande do Norte, e fatos isolados não podem comprometer ou prejudicar uma festa de mais de 250 anos de tradição.
Viva Santana!
 
Jair Sampaio



APOIO RAY AUTO CENTRO


TROCA DE ÓLEO + FILTRO GANHA ALINHAMENTO DE FAROL GRÁTIS

PNEUS,SUSPENSÃO,FREIOS,SUPER LÂMPADAS DE LED,LÂMPADAS SUPER BRANCAS SUA VISÃO NA ESTRADA COM +30% DE LUZ.

Marcha reúniu milhares de idosos em mais um evento da Festa de Sant’Ana em Caicó

A Marcha dos Idosos com Sant’Ana, organizado pela prefeitura de Caicó, através da Secretaria de Assistência Social, um dos maiores eventos deste período festivo, ficando atrás em termos de participação popular somente da procissão de encerramento foi considerada novamente um grande sucesso neste ano 2016.

O evento foi realizado nesta sexta-feira 22 de julho, reunindo aproximadamente 2 mil idosos de 21 municípios que estiveram em Caicó. O prefeito de Caicó, esteve participando mais uma vez do encontro e comentou. “O encontro dos idosos é um evento que a gente faz questão de realizar e de participar pois todos esses idosos nos dão uma grande lição, de energia, alegria, mais acima de tudo de fé”, disse.   
A Secretária Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Soraia Dias, comemorou mais um sucesso da marcha dos idosos realizada nesta sexta “O Prefeito Roberto Germano e toda nossa equipe garantiram o suporte necessário para o sucesso dessa marcha que é muito grande, conseguimos organizar e tudo saiu dentro do planejado”, lembrou ela.


22 de julho de 2016

MPF: Crise hídrica em Caicó exige ação imediata do poder público

O Ministério Público Federal (MPF) em Caicó enviou uma recomendação a diversos órgãos federais, estaduais e municipais para que adotem medidas emergenciais com o objetivo de evitar a iminente crise de abastecimento d’água no Município de Caicó e nas outras três cidades servidas pela adutora Manoel Torres: Jardim de Piranhas, São Fernando e Timbaúba dos Batistas.

Dentre as soluções, uma das principais opções é construir uma adutora emergencial ligando a Manoel Torres à barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no município de Jucurutu, o que garantiria abastecimento até, pelo menos, junho de 2017. Há informações, inclusive, de que todo o projeto básico está finalizado, porém o ministério da Integração Nacional alega não haver recursos, apesar de os quatro municípios estarem enfrentando situação de emergência devido à seca. Situação essa reconhecida tanto pelo governo estadual, quanto pelo federal.




Ministro diz que não vai trair trabalhador com mudança na legislação trabalhista

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, disse hoje (21) em São Paulo que a proposta de flexibilização da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que permitirá que a negociação em acordo coletivo prevaleça sobre a determinação legal, vai respeitar a Constituição e será amplamente discutida com os trabalhadores.

Em evento nesta quinta-feira, na sede do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano em São Paulo, no centro da capital paulista, o ministro afirmou que o trabalhador não será surpreendido. “O trabalhador não será traído pelo seu ministro do Trabalho”, disse Nogueira aos participantes.

Antes de falar aos trabalhadores, o ministro reafirmou que a reforma trabalhista sai até o fm deste ano e que a flexibilização na CLT deve atingir, por exemplo, a questão salarial e a jornada de trabalho.

Interpretação
“Vamos atualizar a legislação. Os direitos não serão revogados. Direito não se revoga, direito se aprimora. Pretendemos promover uma legislação que traga mais clareza nessa relação de contrato entre trabalhador e empregador."

De acordo com Ronaldo Nogueira, no contrato não pode ter interpretação subjetiva. "Isso traz insegurança jurídica. Vamos trabalhar nessa questão, que vai tratar especialmente sobre o prestigiamento da convenção coletiva. Vamos definir em que pontos a convenção coletiva poderá deliberar nessa relação entre capital e trabalho, como questões de salário, carga horária e momentos de crise, entre eles o PPE (Programa de Proteção ao Emprego)”, acrescentou o ministro.

“Entendemos que o acordado não pode prevalecer sobre o legislado. Se não, não não precisa lei. Pretendemos prestigiar a convenção coletiva e vamos definir em que pontos”, ressaltou. O ministro disse ainda que a lei “vai dar diretrizes e estabelecer limites para que a convenção coletiva possa deliberar”.

Segundo ele, as mudanças na legislação trabalhista não serão polêmicas, porque a intenção do ministério é discutir esses pontos com os trabalhadores e sindicatos.

Trabalhadores
“Até o fim do ano [a reforma trabalhista será aprovada] e não vai ter polêmica, porque a construção será elaborada tendo a participação dos trabalhadores. Temos como inimigo comum o desemprego. Hoje, temos 12 milhões de desempregados. Precisamos oferecer ao mercado um contrato que traga segurança e não fique sujeito a interpretações subjetivas que gerem insegurança.”

Para evitar que trabalhadores representados por sindicatos com menor poder de negociação possam ser prejudicados com esses acordos, o ministro informou que o ministério vai promover a capacitação de dirigentes sindicais. "Pretendemos, nos termos da Constituição, fortalecer o principio da unicidade sindical e dar legitimidade maior ao sindicato na hora da homologação da rescisão do contrato", adiantou.

Ontem (20), o ministro afirmou em Brasília que a proposta de reforma trabalhista também inclui outras duas questões: a regulamentação da terceirização no país e a possibilidade de tornar o PPE permanente.

Terceirização
Sobre a terceirização, o ministro disse que as propostas em tramitação no Senado servirão como “fonte de estudos para essa legislação”.

“Vamos definir, dentro de uma categoria econômica, quais são os serviços objeto desse contrato de serviços especializado. Não gosto da expressão terceirização, porque isso remete à ideia de passar a um terceiro a responsabilidade que é tua. Vamos trabalhar na elaboração de uma legislação que trata do contrato de um serviço especializado", esclareceu.

Presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah acompanhou a visita de Ronaldo Nogueira ao Sindicato dos Motoristas. Depois de se reunir com o ministro e de presenciar o discurso de Nogueira aos trabalhadores, Patah falou com os jornalistas e disse que as centrais sindicais estão buscando diálogo com o ministério, mas que não vão aceitar que “se rasgue a CLT”.

“A questão do negociado sobre o legislado é uma questão muito complexa. Do ponto de vista da valorização da convenção coletiva, da negociação, somos favoráveis. Mas, não é por conta disso que teremos de rasgar a CLT. Temos de ter alguns cuidados. Por isso, estamos discutindo com as centrais sindicais uma alternativa. Queremos dialogar. Não queremos falar não para tudo, mas não podemos ficar de olhos fechados e permitir, em um momento tão adverso, que se rasgue a CLT e que se tire direitos fundamentais dos trabalhadores”, destacou Patah.

Segurança jurídica
Segundo ele, uma questão que preocupa bastante as centrais é sobre a jornada de trabalho. “A questão da jornada de trabalho nos preocupa quando temos a CNI, uma entidade patronal industrial e dos empresários, falando em se trabalhar 80 horas por semana. Como podemos permitir uma negociação com relação à carga horária se já temos percebido que os empresários querem nos transformar em máquinas? Temos de tomar muito cuidado. O mundo sindical está pronto para um diálogo. O mundo é outro, temos a questão da longevidade, da demografia, do mundo do trabalho moderno e temos que buscar alternativas para adequar. Mas não é por conta dessas questões que vamos abrir mão dos nossos direitos”, ressaltou.

Com relação à terceirização, Patah disse que o projeto aprovado na Câmara dos Deputados “é muito ruim e precariza a atividade laboral”.

“Nós da UGT somos favoráveis à regulamentação da terceirização. Queremos segurança jurídica para o empresário, para o governo e principalmente para os trabalhadores. Mas isso não significa permitir a terceirização de todas as atividades, conforme aprovado na Câmara. Faremos mudança no Senado para termos segurança jurídica e não precarização." Para o sindicalista, a atividade fim da empresa não pode ser terceirizada. “Queremos resgatar a atividade meio. A finalidade da empresa não pode ser terceirizada”, concluiu Patah.

Fonte: Agência Brasil




Apoio Laura Ótica



Temperatura chega a 14 ºC em Cabaceiras, a mais baixa registrada este ano na PB

A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) registrou nesta quinta-feira (21) a temperatura mais baixa do ano no estado. Durante a madrugada, os termômetros marcaram 14 ºC na cidade de Cabaceiras, localizada na região do Cariri, a cerca de 200 quilômetros de João Pessoa.

Segundo a meteorologista Marle Bandeira, temperaturas abaixo dos 15 ºC são comuns nesta época do ano no Cariri. “Essa região se caracteriza pela amplitude térmica, com quedas significativas durante as madrugadas. Durante o inverno, em noites que o céu tem poucas nuvens, a radiação solar acumulada durante o dia escapa e aí acontecem os resfriamentos”, explicou.

O setor de Monitoramento e Hidrometria da Aesa também registrou baixas temperaturas em Monteiro (14,3 ºC), Areia (16,9 ºC), Campina Grande (17,8 ºC), Sousa (18,3 ºC), João Pessoa (19,5 ºC) e Patos (21,1 ºC). “Lembrando que em campo aberto, principalmente em locais com muito vento, a sensação térmica pode ser de até dois graus abaixo das temperaturas anotadas”, completou Marle Bandeira. As noites frias devem continuar até o final de agosto. A estação mais fria do ano acabará em 22 de setembro, às 11 horas e 21 minutos, quando começará oficialmente a primavera.
Chuvas

A expectativa da Aesa é de que os índices pluviométricos esperados neste inverno fiquem dentro da média histórica, cerca de 700 milímetros no Litoral, 500 milímetros no Brejo e 400 milímetros no Agreste, ou seja, 40% do total de precipitações do ano nestas regiões. Já no Cariri, Curimataú, Sertão e Alto Sertão, apresentam baixos índices pluviométricos nesta época do ano.



Marcha dos Idosos marca Festa de Sant’Ana em Caicó

A XVI Marcha dos Idosos do Seridó será realizada na manhã desta sexta-feira (22), dentro da programação da Festa de Sant’Ana de Caicó, e deve reunir participantes de 21 municípios da região.

A concentração acontece a partir das 7h na Praça Doutor José Augusto, tendo saída prevista para as 8h e o seguinte percurso: avenida Coronel Martiniano, avenida Seridó e catedral de Sant’Ana, onde será celebrada missa em ação de graças por todos os idosos. Após a missa, acontece confraternizarão no Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana.

20 de julho de 2016

SUS oferecerá remédio que pode prevenir a aids

São Paulo - O Ministério da Saúde anunciou na terça-feira, 19, que pretende incluir na lista de medicamentos gratuitos do Sistema Único de Saúde (SUS), até o fim do ano, o remédio que pode prevenir a infecção pelo HIV. A informação foi dada pela diretora do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do ministério, Adele Benzaken, durante a 21ª Conferência Internacional de Aids, na África do Sul, e confirmada pelo órgão federal.

Chamado de profilaxia pré-exposição (PrEP), mas mais conhecido como truvada - seu nome comercial -, o medicamento diminui as chances de contaminação pelo vírus da Aids quando tomado continuamente, mas pode trazer efeitos colaterais, como leves disfunções gastrointestinais e renais. A pílula de ingestão diária combina dois tipos de antirretrovirais (tenofovir e emtricitabitina) e é indicada para a população não infectada, mas que tem maior chance de contágio. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o remédio diminui em até 92% o risco de o vírus entrar nas células.

A estimativa do Ministério da Saúde é de que 10 mil pessoas tenham acesso ao medicamento no primeiro ano. "O remédio deverá ser ofertado em serviços especializados do SUS para populações com risco acrescido, como travestis, homens que fazem sexo com homens, transexuais e profissionais do sexo", disse a pasta, em nota.

Em julho de 2014, a OMS divulgou diretriz recomendando que homens homossexuais utilizassem a PrEP como forma adicional de prevenção à infecção por HIV, além do preservativo. "As taxas de infecção por HIV entre homens que fazem sexo com homens continuam altas em quase todos os lugares do mundo e novas opções de prevenção são necessárias com urgência", declarou a organização, em informe na época.

Segundo o ministério, o departamento de DST, Aids e Hepatites Virais já prepara um protocolo clínico de PrEP para ser encaminhado à Comissão de Incorporação de Tecnologia no SUS, órgão que define quais medicamentos, terapias e tratamentos são incluídos na rede pública. Como a maioria dos integrantes da comissão pertence a órgãos do ministério, o antirretroviral não deverá enfrentar dificuldade para ter sua incorporação aprovada.

Aval

Para dar base à decisão de incluir o antirretroviral em sua lista de medicamentos gratuitos, o ministério financiou dois estudos de PrEP no Brasil, que estão sendo conduzidos pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e pela Fundação Oswaldo Cruz. Para Zarifa Khoury, infectologista do Instituto Emílio Ribas, a medida anunciada pelo ministério é positiva e necessária. "Até hoje, a camisinha sempre foi a única forma de prevenção, mas, claramente, não atende a todos. Tanto não atende que a epidemia não parou de se alastrar. Há algumas pessoas que não conseguem usar o preservativo em 100% das situações e, para eles, a PrEP é necessária. A ideia é que ela seja associada ao uso da camisinha."

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Fabiana Cambricoli
 
 


Loja Recanto do Sertão


VENDO PINTOS ÍNDIOS GIGANTES ALTA PROMOÇÃO PARA QUEM QUER COMEÇAR UM PLANTEL COM ALTA QUALIDADE GENÉTICA ALTURA , CARACTERÍSTICAS DA RAÇA PLANTEL PRÓPRIO . 



SÓ LIGAR ASSIZINHO 84-9901-4589 RESTA 30 UNIDADES DE PINTINHOSE 2 GALOS E 1 GALINHA EM POSTURA E 3 FRANGAS. SOBRE A RAÇA


esta raça é aparentada com a do galo de briga. Ele é descendente das raças malaio, shamo e galinha caipira brasileira (SRD) ou galinha índia. No entanto, enquanto o galo de briga (chamado tb de galo- índio)
 

Grandes e robustas, elas também são excelentes na transmissão de genes aos descendentes. O galo índio gigante é portanto, uma variedade rústica como as aves caipiras e surgiu justamente do cruzamento de raças combatentes com galinhas domésticas. 



Este animal é um ótimo reprodutor de frangos precoces e com alto rendimento de carne. Ao que me parece, a maior vantagem dele é que o índio gigante também confere às suas galinhas mais produtividade e ovos mais ricos em proteínas. 



A beleza das penas sobrepostas e a variedade de cores são outras características atraentes, que destacam a ave como exemplar ornamental ou na participação de concursos. Quando adulto, o galo Índio Gigante chega a pesar 6,5kg. 



OS Machos podendo chegar até a 1,05 mt de altura . Não Perca essa oportunidade a pronta entrega

Junho foi o mais quente da história no mundo, diz agência dos EUA

O mês passado foi o junho mais quente já registrado na história e o 14º mês seguido em que recordes de calor foram quebrados no mundo, de acordo com cientistas.

A temperatura global média nas superfíceis da terra e dos oceanos foi 0,9ºC acima da média do século 20, que é de 15,5ºC, informou o órgão responsável por medições nos EUA, NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration) em seu relatório mensal.

O órgão diz que as temperaturas globais dos oceanos estão alguns décimos mais altas que em junho do ano passado. Já as temperaturas terrestres estão semelhantes.

O órgão compara temperaturas desde 1880, há 137 anos.

A maioria dos cientistas atribui o aumento das temperaturas à emissão de gases de efeito estufa.

Eles também dizem que a mudança climática é pelo menos parcialmente causada por diversos desastres ambientais pelo mundo.

A temperatura global média nas superfíceis da terra e dos oceanos foi 0,9ºC acima da média do século 20, que é de 15,5ºC, informou a NOAA em seu relatório mensal.
O ano passado foi o ano mais quente já registrado, superando 2014, que até então detinha este recorde.

Uol